Band lança campanha para ajudar pessoas em vulnerabilidade

Campanha contra a fome lançada pelo Grupo Bandeirantes ultrapassa marca de R$ 2 milhões em doações, equivalente a 46 mil cestas básicas

Band exibe neste sábado, 27, às 15h, o programa especial Band Contra a Fome – Abrace essa Ideia, com apresentação de José Luiz Datena, para incentivar a ação solidária.

A campanha nacional “Band Contra a Fome – Abrace essa Ideia”, lançada há uma semana pelo Grupo Bandeirantes, ultrapassou a marca de R$ 1,2 milhão em doações para a Central Única das Favelas (CUFA) e R$ 1,1 milhão para a ONG Gerando Falcões, totalizando R$ 2,3 milhões nesta terça, 23. O valor equivale a 46 mil cestas básicas.

Todos os veículos, incluindo TVs, rádios e canais digitais estão envolvidos na ação, assim como as emissoras próprias e afiliadas pelo país. Por causa das restrições de circulação para conter a disseminação do coronavírus, as doações devem ser feitas on-line, intermediadas por instituições que são referência em trabalhos sociais, como a ONG Gerando Falcões e a Central Única das Favelas (CUFA), reconhecidas nacional e internacionalmente. Cada estado indicou entidades parceiras para atender as comunidades locais.

Por meio de um QR Code disponível nas transmissões, o público é redirecionado para a página de um dos parceiros que ajudará no recolhimento das doações. “Nós estamos há 1 ano trabalhando para que a favela, e as Mães da Favela, possam vencer a pandemia. E é agora, no momento em que estamos atravessando a pior fase desta pandemia, onde as pessoas estão mais doentes, desempregadas e desamparadas, que nós precisamos que as doações não parem”, enfatiza Celso Athayde, fundador da Central Única das Favelas.

A iniciativa vem em um momento em que a taxa de desemprego bate recorde no Brasil. Com o endurecimento da quarentena, a renda dos trabalhadores informais caiu consideravelmente – em alguns casos nem existe mais. “Esse dinheiro é transformado em ajuda na ponta para as pessoas se alimentaram. A favela está na corda, sendo nocauteada, mas nós entramos para apoiar os mais vulneráveis. Continuem ajudando porque nós vamos salvar os mais pobres com o canhão da comunicação”, pede Edu Lyra, CEO e fundador da ONG Gerando Falcões.

Atualmente, cerca de 27 milhões de brasileiros vivem em situação de pobreza extrema, com menos de R$ 246 por mês (R$ 8,20 ao dia para sobreviver).

Para mais informações e doações, acesse:

www.bandcontrafome.com

www.maesdafavela.com.br

www.gerandofalcoes.com/coronanoparedao