Foto: Divulgação

Campeonato Maranhense 2021 tem data de início adiada

Em reunião realizada nesta quarta-feira (03) entre a Federação Maranhense de Futebol e representantes dos clubes participantes do Estadual 2021 ficou decidido o adiamento do início da competição. O Campeonato Maranhense que antes teria sua abertura no dia 14 de fevereiro, agora irá começar no dia 20. A solicitação de adiamento veio de algumas equipes que argumentaram alguns efeitos da pandemia, o que dificultou a organização dos clubes, ajustes em alguns estádios e também a regularização do Imperatriz junto à FIFA.

Foto: Reprodução / TV FMF

Participaram da reunião com seus representantes o São José (presidente Paulo), Juventude (presidente Hamilton), Bacabal (presidente Rodrigues), Pinheiro (presidente Filemon), IAPE (diretores Guilherme e Felipe), Moto Club (supervisor André), Imperatriz (presidente Wagner). O Sampaio Corrêa não teve nenhum representante na reunião.

Na votação, os times do Juventude, Pinheiro, São José, IAPE, Bacabal, Imperatriz acordaram pelo adiamento. O Moto não votou pois o representante rubro-negro não estava online quando da votação.

A diretoria da FMF alertou sobre possíveis consequências desse adiamento. Segunda a entidade, as mudanças nas datas podem coincidir com calendário do futebol nacional, como a Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Brasileiro que acontecem nos meses de março e abril.

Confira a nota na íntegra:

Em Reunião Arbitral Extraordinária realizada na data de hoje, 03, entre representantes dos clubes e da Federação Maranhense de Futebol, foi decidido por unanimidade, entre os votantes, o adiamento do início do Campeonato Maranhense Série A 2021, do dia 14 para o dia 20/02.

A solicitação de adiamento partiu de alguns clubes, que ponderaram alguns efeitos da pandemia, que dificultaram a organização dos clubes, ajustes em alguns estádios e a regularização do Imperatriz junto à FIFA.

A Diretoria da FMF alertou a todos da possibilidade de, com o adiamento, haver impacto nas rodadas previstas para os meses de março e abril, com relação ao calendário nacional (Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Brasileiro). O início dia 14/02 foi previsto exatamente para evitar choque de datas.

Participaram da reunião: Juventude (presidente Hamilton), Pinheiro (presidente Filemon), São José (presidente Paulo), IAPE (diretores Guilherme e Felipe), Bacabal (presidente Rodrigues), Imperatriz (presidente Wagner), Moto (supervisor André). Não houve representante do Sampaio.

Votaram pelo adiamento: Juventude, Pinheiro, São José, IAPE, Bacabal, Imperatriz. O representante do Moto não estava online quando da votação.

O representante do Pinheiro questionou quanto à possibilidade de adiar somente a partida Moto x Imperatriz, para que a equipe tocantina resolva a pendência. A Federação manifestou-se no sentido de que, pela isonomia, a competição deve ter início no mesmo período para todos, evitando-se alegação de favorecimentos e prejuízos.

A tabela da competição será readequada para a nova data.