Centro Municipal de Vacinação contra a Covid-19 inicia atendimento em São Luís

O Centro Municipal de Vacinação segue em funcionamento nesta quarta-feira (20), neste segundo dia de aplicação no Multicenter Sebrae, em São Luís. O Centro conta com 16 guichês de atendimento para o registro e triagem dos profissionais de saúde a serem imunizados. Com 10 salas de vacinação instaladas no local e 22 vacinadores disponíveis é possível aplicar até 200 doses de vacina por hora e atender até 2 mil pessoas por dia.

“O centro que montamos em São Luís é bem equipado, com capacidade de atender bem e de forma humanizada todos que vierem até ele. À medida que o ministério enviar mais doses da vacina vamos aumentando nossa capacidade de atendimento e avançando nas etapas do Plano Municipal de Vacinação sempre seguindo a diretriz do Ministério da Saúde”, informou o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes.

Ao chegar ao Centro Municipal de Vacinação, o profissional de saúde passa pela primeira triagem, onde é verificado se ele tem a documentação necessária para ser vacinado. É preciso apresentar uma declaração atividade ou de lotação e um documento de identificação com foto, preferencialmente a carteira do conselho respectivo.

Em seguida, o profissional é atendido em um dos guichês onde é feito o registro da vacinação e o profissional recebe uma carteira informando a data da vacinação, o tipo da vacina, lote e fabricante. Após isso ele é encaminhado para a sala de vacinação onde recebe a primeira dose da vacina e é informado sobre a aplicação da segunda dose, que deve ocorrer após três semanas.

Depois de vacinado, ele segue para uma área onde permanece em observação durante alguns minutos até que seja verificada a ausência de efeitos colaterais. Após a checagem, o profissional de saúde pode seguir para as suas atividades de rotina.

Foto: DivulgaçãoPara ajudar as pessoas a relaxar o espaço conta com musicoterapia. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fica de prontidão, caso seja necessário prestar algum tipo de atendimento após a aplicação da vacina.

As pessoas do público-alvo que estiverem diagnosticadas ou com suspeita de Covid-19 devem permanecer em casa e em tratamento. Neste caso, a vacinação só pode ocorrer após 28 dias da suspensão de todos os sintomas.

Toda a estrutura do Centro Municipal de Vacinação foi pensada para garantir conforto, atendimento rápido, humanizado, seguro e acessível a quem se dirigir ao local. No local, foram dispostas cadeiras com distanciamento mínimo de acordo com o determinado pelas autoridades sanitárias para evitar aglomerações e organizar o fluxo de pessoas.

O uso de máscara no espaço é obrigatório e foram distribuídos totens com álcool em gel para que todos possam manter as mãos higienizadas. O espaço conta com sinalização e intérpretes de libras. Caso a pessoa tenha algum tipo de dificuldade de locomoção, o vacinador vai até onde o cidadão se encontra para que ele seja vacinado.

Nessa primeira fase, também, serão vacinados idosos com mais de 60 anos em instituições de longa permanência, que serão vacinados nos próprios locais por equipes específicas de vacinadores. A vacinação deste público começa na quarta-feira (20).