Foto: Divulgação

Comércio contabiliza prejuízos para o período do Carnaval 2021

Com o intuito de combater o aumento de infectados pela Covid-19, o Carnaval foi cancelado no Maranhão. O período que antes era de aquecimento do comércio formal e informal, hoje está diferente. É notório perceber a falta de fantasias e perda de cores no maior centro comercial da capital maranhense em plena época momesca.

O comércio terá três dias a mais para incrementar o faturamento é o que destaca Max de Medeiros, superintendente da Fecomércio.

” O cancelamento dessas festividades carnavalescas afetam diretamente alguns setores como calçados, vestuários, especificamente o setor de alimentação e bebidas. Apesar disso, ainda tem uma outra vertente que deve ser obervada. Com o cancelamento, este ano o comércio vai poder abrir as portas em todos os dias do período carnavalesco, já que a data não é considerada feriado”.

O Governo do estado e a prefeitura de São Luís já afirmaram que não haverá ponto facultativo no período da folia de momo para servidores estaduais e municipais devido ao cenário epidemiológico.

O comércio vai funcionar normalmente na grande São Luís, incluindo os municípios de Raposa, Paço do Lumiar, São José de Ribamar.