Decreto autoriza até 10% da capacidade do Maracanã na final da Libertadores

Foi publicado nesta sexta-feira (22) um decreto pelo governo do Rio de Janeiro com autorização para a realização da final da Copa Libertadores da América 2020. A partida está marcada para acontecer no estádio Maracanã no próximo dia 30, às 17h. Para o jogo, o governador Claudio Castro autorizou o limite de 10% de toda a capacidade do estádio para a realização do duelo entre Palmeiras e Santos.

Foto: Lucas Uebel

A final não irá contar com público pagante, só poderá adentrar ao Maracanã, equipes ligadas a organização, segurança, pessoas ligadas a patrocinadores do evento e aos clubes no limite estabelecido. O efetivo de policiais militares que irão fazer a segurança da partida tanto nos arredores quanto no interior estádio, ficará em 550, com mais 200 guardas municipais.

Os finalistas receberam 150 convites para serem distribuídos entre familiares de jogadores e comissão técnica, Comitê de Gestão, Conselho Deliberativo, autoridades e patrocinadores, sócios e funcionários do clube.

O Maracanã, tem capacidade para 78.883 pessoas. Com isso, cerca de 7 mil pessoas serão autorizadas para a operação da decisão da América. A Conmebol, porém, não trabalha com a ideia de um efetivo tão grande.