Discussão termina com mãe e filha grávida esfaqueadas em São Luís

Uma mulher identificada como Camila Regina Campos de Brito, de 22 anos, e a mãe, Célia Regina Campos, de 45 anos, foram esfaqueadas nesta segunda-feira (16) no bairro Anjo da Guarda, em São Luís. Segundo a polícia, Camila Regina está grávida.

Três mulheres suspeitas de praticar o crime foram presas em flagrante pela Polícia Militar do Maranhão (PMMA). São elas Darliane da Silva Brasil, de 34 anos; Kerliane Brasil dos Santos, de 20 anos e Dariele da Silva Brasil, que não teve a idade revelada.

Em depoimento, Célia Regina explicou que estava no trabalho, um trailer localizado em uma das ruas do bairro, quando foi abordada por Darliane Brasil, companheira do filho. Ela perguntou à sogra onde o companheiro estaria.

Segundo a vítima, Darliane Brasil estaria sob efeito de bebida alcoólica, com um tijolo e uma faca de serra nas mãos. Alguns parentes viram a movimentação e foram até o local, dentre elas, Camila Regina, filha de Célia.

Darliane teria ameaçado algumas pessoas com os objetos. Em seguida, a mulher atingiu Camila Regina com golpes de faca no joelhos e nos braços. Já a sogra, foi alvejada na mão, braço, joelho e pescoço.

A Polícia Militar foi acionada e chegou até o local. Darliane e outras duas pessoas foram presas em flagrante e levadas para a delegacia. As vítimas foram socorridas e levadas para o hospital. Segundo a polícia, elas não correm risco de morte.