Flávio Dino descarta decretação de lockdown

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (29), o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) descartou a decretação de lokdown, mas confirmou que o carnaval está suspenso.

Apesar do quadro preocupante quando as variações do novo coronavírus, segundo o governador, hoje, “não há cenário para decretação de lokdown”, que está ampliando a capacidade de leitos na rede pública, mas observou que se for preciso fará.  Ele explicou que essa medida extrema somente será aplicada se a capacidade da rede hospitalar ficar sem capacidade de atender aos contaminados.

Dino também afirmou que as festas de São João estão ameaçadas, por conta da demora da chegada de novas doses da vacina contra Covid19 no Maranhão.

“Como católico vou rezar muito para Santo Antônio, São João, São Pedro e São Marçal para que até junho tenhamos outro cenário, mas neste cenário atual não teremos condições de realizar”, disse Flávio Dino.

O governador criticou o presidente Jair Bolsonaro por não definir a aquisição imediata das 52 milhões de doses da vacina CoronaVac que estão estocadas no Instituto Butantã, deixando para dar uma resposta somente em maio. Dino reafirmou o interesse dos governadores em adquirir o imunizante caso o Governo Federal se recuse a fazê-lo.