Funcionários do Banco do Brasil deflagram greve nacional

Os funcionários do Banco do Brasil decidiram deflagrar greve nacional de 24h, para esta sexta-feira (29). Decisão foi aderida pelos bancários do Maranhão que vão se reunir em frente à agência da Praça Deodoro.

O movimento é para chamar atenção para o programa de demissão que vai atingir 5 mil funcionários de todo Brasil. A medida foi adotada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para reduzir custos fechando agências do BB no país.

No Maranhão, serão fechadas unidades em Bacabal, Caxias e Imperatriz, além das agências de São Luís como no Cohatrac e no Reviver.

De acordo com o diretor do SEEB-MA, Rodolfo Cutrim, a greve de 24 horas visa, ainda, cobrar a garantia de direitos dos bancários, como a manutenção das gratificações e comissões, além do não rebaixamento salarial e ainda o recuo do banco em relação às transferências compulsórias.