Hospital da Ilha está com mais da metade dos serviços finalizados

As obras do Hospital da Ilha chegam na fase de equipamentos, com a instalação de todos os maquinários e interligação do sistema de automação. A construção é uma das maiores obras da saúde no estado e está com mais de 50% dos serviços concluídos. Com 32 mil metros quadrados de área construída, a unidade vai atender urgência e emergência, além de se consolidar como a primeira unidade do estado com especialização para atender vítimas de queimaduras.

Outros serviços já estão bem avançados, como as instalações das esquadrilhas de alumínio e a parte elétrica e hidráulica. Várias fases de fundação já foram concluídas, contando a terraplanagem do terreno, execução da alvenaria, instalação dos pisos e contrapisos, além dos revestimentos internos e externos.

A obra representa um dos maiores avanços na área da saúde em São Luís e Grande Ilha, destaca o secretário de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto. “A estrutura moderna do Hospital vai possibilitar a descentralização dos atendimentos na cidade e região, colaborando com o bem estar e com a qualidade do serviço médico prestado”, reforçou o gestor.

Entre os equipamentos a serem instalados, está o sistema de ar condicionado – cerca de 228 máquinas de ar que vão levar conforto e controle de temperatura e umidade para diversos ambientes do hospital. Os nove centros cirúrgicos, as 112 UTIs, a Unidade de Tratamento de Queimados e o Laboratório Interno já possuem controle de temperatura, umidade  e pressão. Ou seja, o sistema de automação é interligado.

A parte de resfriamento é um grande diferencial da obra. Na central de ar condicionado, os maquinários distribuem a refrigeração por todo o prédio, a partir das Unidades de Tratamento de Ar (UTA). As UTAs fazem o tratamento da água, equilibrando a temperatura para a distribuição.

Essa refrigeração chegará ao centro cirúrgico, salas de internação e leitos. Será executado ainda o fechamento das máquinas, com a instalação dos dutos e a parte de água gelada. A central está instalada em uma parte isolada, no piso técnico, o que facilita a manutenção e correção de eventuais problemas na refrigeração do hospital.

Mega hospital

O Hospital da Ilha vai contar com atendimento de urgência e emergência adulto e pediátrico, nove centros cirúrgicos, UTIs, Unidade de Tratamento de Queimados, laboratórios, setor de hemodiálise, tomografia, oito elevadores (sendo cinco exclusivos para maca e pacientes), além de auditório, amplo estacionamento e um heliponto.

Na primeira etapa, serão entregues 212 leitos, distribuídos em sete blocos de atendimentos; na segunda etapa, serão totalizados aproximadamente 400 leitos de internação e Unidade de Terapia Intensiva-UTI (Com informações Governo do Estado).