Laudo apontam quatro praias de São Luís impróprias para banho

São Luís possui quatro praias impróprias para o banho, segundo laudo realizado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). O documento divulgado na sexta-feira (5), aponta como impróprias as praias apontadas foram Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau e Olho d’Água.

O laudo refere-se à ação de monitoramento realizada no período de 1º de fevereiro a 1º de março, integrando a série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da Ilha do Maranhão.

Na praia Ponta d’Areia, o ponto poluído fica ao lado do Espigão Ponta D’ Areia. Na praia de São Marcos, os pontos poluídos estão localizados em frente ao prédio verde com o Heliporto e em frente à banca de jornal da Praça de alimentação da Avenida Litorânea, na orla marítima da capital.

Na Praia do Calhau a poluição se concentra em frente à Estação Elevatória deEsgoto 2.2 (E.E.E 2.2) da Caema e Círculo Militar, em frente à descida da Rua Altamira nas proximidades da Pousada Vela Mar e em frente à descida da Avenida Copacabana e Pousada Suíça.

Na praia do Olho d’Água os pontos poluídos estão em frente à descida da rua São Geraldo e em frente à casa com pirâmides no teto, antes da falésia.

Para o laudo, foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís e trechos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. O monitoramento obedece aos padrões estabelecidos na Resolução CONAMA nº 274/2000.