Mais de 370 pessoas são presas em operação da Polícia Civil

Mais de 370 pessoas foram presas no Maranhão, por suspeita violência contra a mulher, durante a operação Resguardo, da Polícia Civil. O trabalho teve início dia 1º de janeiro, em todo o Brasil. Essa é a maior ação de combate a crimes de violência contra a mulher no país.

Um total de 47 armas foram apreendidas. De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), 1.571 inquéritos foram instaurados em todo o estado para investigar casos de violência contra a mulher. Ao todo, 1.543 medidas protetivas foram expedidas e 2.850 vítimas foram atendidas.

A operação Resguardo acontece nos 26 Estados e no Distrito Federal. No Maranhão, 371 pessoas foram presas por cumprimento de mandados de prisão, prisões em flagrante, cumprimento de Medidas Protetivas em favor de mulheres vítimas de violência, em todo o Estado.

O trabalho é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas e ocorre nos 26 estados e no Distrito Federal. Participaram, ainda, as Delegacias Espaciais da Mulher e os demais distritos dos 217 municípios do Estado do Maranhão.