Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Mês de janeiro contabiliza aumento em 138% no número de prisões realizadas em operações na capital

Apenas nos primeiros 22 dias do mês de janeiro deste ano, foram realizadas 69 prisões em São Luís. De acordo com a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), o aumento é de 138% em relação ao ano passado, quando foram registrados 29 prisões.

Entre as prisões executadas, destaca-se às relacionadas ao combate dos homicídios. Em relação a esses crimes, o percentual é ainda maior com um crescimento de 150% em relação ao mesmo período de 2020. Saltando de seis prisões em janeiro do ano passado, para quinze prisões este ano.

Para a titular da SPCC, delegada Viviane Fontenelle, o planejamento da Polícia Civil, em parceria com os outros órgãos da Secretaria de Segurança Pública, é fundamental para o combate de crimes, como o de tráfico de drogas em São Luís. “Há todo um planejamento estratégico no combate aos crimes de diversas natureza, visando preservar o bem maior da pessoa humana, que é a vida”, disse.

 Paralelamente, a SPCC trabalha a partir de um planejamento próprio e em ações integradas com os demais órgãos, como a Polícia Militar. Na lista de crimes mais combatidos está o crime organizado, que tem o tráfico de drogas uma das principais ‘fontes de renda’. A consequência, diz a delegada, é a prática de vários outros crimes, como roubo, furto e o próprio homicídio.

“Contudo, o Estado, por meio da polícia, não mede forças para enfrentar e acabar com essas distorções que tendem a deturpar o convívio social entre os cidadãos de bem do nosso Estado” finalizou a delegada Viviane Fontenelle.