Movimento antirracista Black Lives Matter é indicado ao Prêmio Nobel da Paz

O movimento antirracista Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), que ganhou força em âmbito internacional após o assassinato de George Floyd nos Estados Unidos, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz por um parlamentar norueguês.

Ao defender a sua indicação, o deputado da esquerda Petter Eide disse à AFP que o movimento “se tornou um dos mais poderosos do mundo na luta contra a injustiça racial”.

“O movimento começou há alguns anos nos Estados Unidos (…) e depois se espalhou para outros países, sensibilizando para a importância do combate às injustiças raciais”, acrescentou o parlamentar.

Após o assassinato de Floyd por um policial branco nos Estados Unidos, milhares de pessoas saíram às ruas do país para protestar. O movimento se estendeu para outros países, inclusive o Brasil.