Maranhense conquista pódio no Open Pan-Americano de Veteranos de judô

O fim de semana foi de conquistas para o judoca maranhense, José de Ribamar Goes. Ele conquistou o terceiro lugar no Open Pan-Americano de Veteranos, realizado em Salvador, de 11 a 15 de maio. A competição aconteceu junto com o Campeonato Pan-Americano de Veteranos e Kata, Campeonato Sul-Americano de Veteranos. Todos foram promovidos pela Confederação Pan-americana de Judô (CPJ), Confederação Sul-americana de Judô (CSJ) e Federação Internacional de Judô (FIJ).

O judoca José de Ribamar Goes se destacou entre os brasileiros e os atletas internacionais. Para o campeonato Pan-Americano e as outras competições, a Confederação Brasileira de Judô levou a maior delegação. Uma competição internacional que reuniu atletas de ponta de todo o mundo na capital baiana. Entre os países participantes estavam: Argentina, Chile, México, Canadá, Uruguai, Estados Unidos e Equador, todos com conquista de medalhas no Pan de Veteranos. Os únicos países que não foram ao pódio foram o Peru e a Jamaica.

Goes agradeceu à família pela confiança e ao diretor da Via Mundo, Antonio Bacelar, que o patrocinou.  “Agradeço por ele e a instituição acreditarem no trabalho e dedicação de uma vida inteira”, disse o atleta maranhense. Bacelar reafirmou que a diretriz social da Via Mundo sempre foi o incentivo à cultura e ao esporte maranhense. “Viemos de um momento difícil, onde todos tiveram que se reinventar e as atividades físicas foram a saída pra muitas pessoas,” importante seguirmos com apoio e incentivo” afirmou.

Judô: Maranhão conquista 40 medalhas no Campeonato Brasileiro Regional

Quarenta medalhas na bagagem. Esse foi o saldo da Seleção Maranhense que disputou, no último fim de semana, o Campeonato Brasileiro Regional de Judô – Região 1. O evento, realizado em Ananindeua (PA), serviu de seletiva para a fase final da competição nacional em diversas categorias: Sub-13, Sub-15, Sub-18, Sub-21 e Sênior. Com as 40 medalhas obtidas, a equipe do Maranhão terminou a disputa em solo paraense na quinta colocação no geral com 8 ouros, 10 pratas e 22 de bronzes.

“Tivemos 40 medalhas, o que não é uma proporção ruim. Conquistamos poucas medalhas de ouro dentro do universo da competição, o que nos deixou em 5º no quadro geral de medalhas. Mas estamos felizes com a retomada dos eventos. O Brasileiro Regional não acontecia desde 2019 devido à pandemia. Voltamos dessa competição com o sentimento de missão cumprida e agora é focar nos treinos para os campeonatos brasileiros finais de cada classe”, afirmou Rodolfo Leite, presidente da FMJ.

A delegação do Maranhão foi composta por mais de 70 atletas, que foram convocados pela Federação Maranhense de Judô (FMJ) a partir dos resultados conquistados na primeira etapa do Circuito Maranhense 2022. O evento promovido pela FMJ foi realizado no Golden Shopping, no fim de março.

Um dos destaques da equipe do Maranhão no Brasileiro Regional foi o judoca imperatrizense Ítalo Mazzili, que brilhou na categoria Sênior Ligeiro (-60kg) e garantiu a medalha de ouro. “Competição muito importante. Treinei bastante e, graças a Deus, conseguimos, mais uma vez, mostrar nosso judô e conquistar a medalha de ouro”, disse o atleta.

Quem também mostrou muita força foi a garotada do projeto social do Fórum Jaracaty, responsável por três das oito medalhas de ouro do Maranhão: Kailane Azevedo no Sub-15 Ligeiro (-40kg), José Manoel Campelo no Sub-18 Ligeiro (-55kg) e Marlon Vieira no Sub-18 Superligeiro (-50kg).

As outras medalhas de ouro da delegação maranhense vieram com os judocas Luiz Fellipe Affonso (Sub-15 Superpesado / +81kg), Lucas Santos Rios (Sub-21 Ligeiro / -60kg), Esther Doria do Nascimento (Sub-13 Meio-Leve / -34kg) e Claudio Flavio Santana Filho (Sub-18 Meio-Leve / -60kg).

Sampaio intensifica preparação para jogo contra CRB na Série B

Com a semana cheia para treinamento, o Sampaio Corrêa deu prosseguimento à preparação para enfrentar o CRB, na próxima segunda-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Em atividade realizada na tarde desta terça-feira, no CT José Carlos Macieira, o técnico Léo Condé começou a projetar o time titular para a partida. Ainda sem Ferreira, que se recupera de uma lesão muscular, o treinador deve manter Lucas Araújo ao lado de André Luiz na cabeça de área. No entanto, muitas observações ainda devem ser feitas até ser definida a formação ideal.

Apontado como um dos destaques da equipe nos últimos jogos, Rafael Vila destacou o tempo livre para treinamento, e espera absorver ao máximo as instruções do treinador: “Esse período vai ser bom para a equipe se preparar melhor e focar nas orientações do professor Condé. Queremos aproveitar bem essa semana para chegar forte contra o CRB e tentar trazer um bom resultado pra casa”, afirmou o meia Tricolor.

Os treinos preparatórios terão prosseguimento na tarde desta quarta-feira, com nova movimentação agendada para o CT do clube.

Sampaio empata em confronto com o Operário-PR pela Série B

Sampaio Corrêa e Operário-PR empataram em 1 a 1,  em duelo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, realizada no sábado. O Fantasma saiu na frente com Paulo Sérgio marcando de pênalti no primeiro tempo. Mas Rafael Vila empatou na segunda etapa para o Tubarão, evitando a derrota do time maranhense no Castelão, em São Luís.

Com o resultado, ambos somam uma ponto e ficam com cinco. Até o encerramento do duelo, a Bolívia Querida ocupava a 10ª colocação. Já o Fantasma na 12ª.

O Sampaio volta a campo no dia 9 de maio, uma segunda-feira, quando visita o CRB, às 20h, no Rei Pelé, em Maceió-AL. Antes, o Operário recebe o Criciúma, no próximo sábado (7), no Germano Krüger, às 16h30.

Primeiro tempo

O Sampaio Corrêa pressionou desde os minutos iniciais, e teve a oportunidade de abrir o placar logo no primeiro lance de jogo, mas viu o Operário-PR crescer de produção e chegar mais ao ataque a partir dos 20 minutos. Aos 34, Lucas Hipólito derrubou Felipe Garcia na área e o árbitro marca pênalti para o Fantasma. Paulo Sérgio cobrou e deixou o time paranaense na frente.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, a Bolívia Querida novamente tomou a iniciativa. Em busca do empate, Ygor Catatau teve um gol anulado logo aos cinco minutos. Mas o atacante tricolor voltou a insistir pelo lado do ataque, e presenteou Rafael Vila com passe na grande área para marcar aos nove. Pimentinha quase vira o jogo para o Tubarão, mas Vanderlei fez um milagre. O Fantasma teve a chance de matar o jogo em duas bobeadas da zaga tricolor. Uma com Thomas Bastos, que perdeu de frente para o gol e Silvinho com uma bola na trave.

O Fantasma continuará assombrando o Tubarão, pelo menos até o reecontro das equipes do returno do Brasileiro. Isso porque neste confronto, o Sampaio jamais venceu o Operário-PR. Em quatro jogos entre as equipes, todas pela Série B, foram duas vitórias do time paranaense e dois empates. Nos gols marcados, foram três do Fantasma contra um do Tubarão.

Rayssa Leal conquista título inédito no skate street do X Games

A jovem brasileira Rayssa Leal, subiu pela primeira vez no pódio do X Games, e logo no lugar mais alto, com o ouro no peito, ela segue consolidando seu nome como um dos maiores do mundo no skate street. Na madrugada do domingo (24), em Chiba, no Japão, a medalhista de prata nas Olimpíadas de Tóquio garantiu mais uma medalha inédita.

A atleta já havia participado do X Games em 2019, da etapa de Mineápolis, nos Estados Unidos, terminando em quarto lugar na ocasião. Desta vez, depois de se classificar na terceira posição, Rayssa superou as japonesas Yumeka Oda e Funa Nakayama para conquistar o primeiro lugar.

Funa Nakayama terminou com a prata, e o bronze ficou com a australiana Chloe Covell. Outras brasileiras na prova, Pamela Rosa encerrou em sexto lugar, e Gabriela Mazetto foi a sétima colocada no skate street feminino do X Games, maior competição de esportes radicais do mundo.

“Minha primeira medalha no X Games é douradinha. Mais uma medalha do Japão pro Brasil. Obrigada pela torcida galerinha”, escreveu Rayssa no Twitter ao fim da prova.

Brasil garante título do Sul-Americano Feminino Sub-20

O Brasil conquistou o Campeonato Sul-Americano Feminino Sub-20 depois de uma combinação de resultados. Após vencer o Uruguai por 1 a 0 no início da noite da última quinta-feira (21), a seleção brasileira chegaria ao título caso a Venezuela não vencesse a Colômbia em partida realizada mais tarde. E foi justamente isso que aconteceu, as colombianas triunfaram por 3 a 0. Com este título, a equipe comandada pelo técnico Jonas Urias confirmou a vaga na Copa do Mundo Feminina Sub-20, que será disputada na Costa Rica em agosto.

A seleção brasileira fez uma campanha irretocável na competição, vencendo todas as partidas, nas quais marcou 21 gols e não sofreu nenhum.

“É uma sensação maravilhosa, é um momento único na vida de todos que fazem parte do trabalho. O ‘Sempre Juntas’ campeão representa muito, representa uma geração que teve o seu sonho interrompido pela pandemia [de covid-19], e representa pessoas que fizeram em algum momento parte de todo esse trabalho do grupo. Primeiro título com a seleção brasileira é simplesmente inesquecível, é fantástico e esse dia vai ficar marcado na memória de todos”, declarou Jonas Urias.

O próximo desafio na competição será a partida no domingo (24), contra a Venezuela, a partir das 20h30 (horário de Brasília).

Sampaio Corrêa vence Cordino nos pênaltis e é campeão maranhense de 2022

O Sampaio Corrêa conquistou o título do Campeonato Maranhense, após vencer o Cordino nas penalidades máximas, por 4 a 3, no estádio Castelão, após o empate sem gols no tempo normal.

Na partida, o Sampaio dominou boa parte do jogo, mas parou nas grandes defesas do goleiro Dida. Com a conquista, o Tricolor assegurou seu 36º título maranhense, e o seu tricampeonato, sendo esse de forma invicta.

Agora, o Sampaio garantiu a participação direta na Copa do Nordeste e o Cordino na pré-Copa do Nordeste. O Sampaio agora se volta para o Campeonato Brasileiro da Série B e joga no próximo sábado, em São Luís, contra o Brusque.

Cordino e Sampaio realizam primeira partida da final do Campeonato Maranhense

Em meio a contratações e demissões, o Sampaio Corrêa viajou para Barra do Corda e, nesta quarta-feira (13), às 15h30, disputará a primeira partida da final do Campeonato Maranhense contra a equipe do Cordino.

O Sampaio Corrêa chegou na grande decisão após ser campeão do primeiro turno do estadual e o Cordino conquistou o segundo turno, eliminando o Sampaio na semifinal.

No único treino antes da partida decisiva, realizado na tarde desta segunda-feira, no CT José Carlos Macieira, o técnico Léo Condé armou a estratégia para o duelo e definiu o time titular. O treinador deu ênfase às orientações para organizar o sistema defensivo e trabalhou situações de jogo.

Já o Cordino confia no fator casa e se preparou forte para o confronto diante da Bolívia. O técnico Marcinho Guerreiro está confiante e disse que o favorito pelo título é o Sampaio Corrêa, mas que confia em seus atletas para realizar uma partida por igual e vai atrás do objetivo, que é conquistar o título maranhense.

Iape vence São José e está na final do Maranhense

Depois de encarar um temporal na primeira etapa, Canário da Ilha retoma ao jogo melhor que o Peixe Pedra e carimba passaporte para a decisão contra o Cordino

O Iape garantiu a segunda vaga do returno do Campeonato Maranhense. Em duelo que chegou a parar por conta de uma forte chuva e do gramado encharcado do Castelão, o Canário da Ilha voltou melhor após a parada, e venceu São José por 2 a 0, na tarde desta quarta-feira, e vai enfrentar o Cordino na decisão.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) ainda não divulgou a data da final do returno segundo turno do Maranhense, mas ela acontece neste fim de semana, no sábado ou domingo. Já a final definitiva entre o campeão do 1º e 2º turno tem previsão para acontecer nos próximos dois meios de semana.

Primeiro tempo

Um jogo de poucas emoções na primeira etapa, com um gramado impraticável. Os primeiros minutos foram de insistências das equipes em tentar jogar num campo encharcado, por conta da forte chuva. Mas aos 19 minutos, o árbitro Wallas Martins Lopes paralisou a partida, para aguardar a situação amenizar. Depois de quase 30 minutos de paralisação, o jogo foi retomado. O Iape voltou com mais gás, e pressinou bastante com chegadas de Gustavo Rodrigues e Vinícius Barata. Pelo lado do São José, as jogadas mais agudas foram com Alexandre e nas bolas alçadas por Danilo.

Segundo tempo

Com a bola rolando melhor, o confronto ficou mais equilibrado. Mas aos 22 minutos, o panorama mudou com um gol contra de Galvão, do São José. Jajá lançou a bola na área, o zagueiro do Peixe Pedra desviou para o próprio gol. Com a vantagem, o Iape aumentou o ritmo, e marcou mais presença no ataque. Desperdiçou muitas chances, mas nos acréscimos, Vinícius foi derrubado na área. Com o pênalti marcado, Jajá converteu e deu números finais à partida.

Foto: Andriolli Araújo

Sampaio, São José, Iape e Cordino nas semifinais do Campeonato Maranhense

Quatro jogos movimentaram a última rodada do segundo turno do Campeonato Maranhense de Futebol 2022. As equipes classificadas foram o Sampaio Corrêa, São José, Cordino e Iape.

Na rodada realizada neste sábado, em São Luís, no estádio Castelão, o Sampaio ficou no empate sem gols com o São José, e o Iape venceu o Moto Club por 1 a 0, no estádio Nhozinho Santos. Em São Mateus, o Juventude Samas venceu o Tuntum por 2 a 0 e, em Barra do Corda, o Cordino ganhou do Pinheiro por 3 a 2.

Nas partidas válidas pela semifinal do segundo turno, na terça-feira (5), o Sampaio recebe o Cordino, no Estádio Castelão e, na quarta-feira, o São José enfrenta o Iape, também no estádio Castelão.