Praias da Região Metropolitana de São Luís apresentam pontos impróprios para o banho

Relatório da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) monitorou 22 pontos das praias nas quatro cidades da Região Metropolitana de São Luís e apontou 17 impróprios para o banho de mar. Para elaboração do documento, foram coletadas e analisadas amostras de água de pontos nas praias de São Luís e trechos de Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

Os trechos considerados impróprios para o banho foram registrados nas praias da Ponta d’Areia, Calhau, São Marcos, Olho d’Água e Araçagi. O relatório é referente a ação de monitoramento realizada no período de 21 de dezembro de 2020 a 18 de janeiro de 2021 e considera praias localizadas nos municípios de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

Na praia da Ponta d’Areia, o trecho poluído é o que fica em frente ao Centro de Atendimento ao Banhista na Praça do Sol. Já na Praia de São Marcos, todos os trechos estão impróprios, seguida pela praia do Calhau, do Olho d’água, praia do Araçagy e praia Olho de Porco. O monitoramento obedece aos padrões estabelecidos na Resolução nº 274/2000, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).