Relatório aponta pontos próprios e impróprios para banho

Totalizam 12 pontos impróprios nas praias da Grande São Luís, segundo laudo técnico da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) divulgou um relatório de balneabilidade e classificou 12 pontos em praias da região metropolitana de São Luís como impróprias para banho.

O laudo é referente à ação de monitoramento realizada entre os dias 11 de janeiro e 8 de fevereiro, integrando uma série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da ilha.

Foram coletadas e analisadas em São Luís amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, Ponto do Farol, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio, Araçagi, Praia Olho de Porco e Praia do Mangue Seco.

Na Praia Ponta d’Areia, todos os três trechos estão poluídos. Eles estão ao lado do Espigão Ponta D’ Areia, em frente à rampa de acesso a praia, lado direito de um hotel, e em frente ao Centro de Atendimento ao Banhista na Praça do Sol.

Na Praia da Ponta do Farol, em frente ao Farol Forte de São Marcos, está próprio para banho. Já na Praia de São Marcos, o único ponto próprio fica em frente ao Posto Guarda Vidas – Bombeiros.

Na Praia do Calhau, o único ponto próprio é em frente ao Círculo Militar. Na Praia do Olho D’água, todos os pontos estão impróprios para banho. Já na Praia do Meio, apenas o ponto ao Kacthus Bar e Restaurante está próprio.

Estão próprios todos os pontos de banho nas praias do Araçagy, Praia Olho de Porco e Praia do Mangue Seco.