Voos do Brasil e África do Sul com destino à Espanha são suspensos para conter avanço de variante da Covid-19

Espanha anunciou proibição da entrada de viajantes com origem no Brasil, devido ao risco de contágio de uma nova variante do coronavírus. A suspensão passa a valer a partir de amanhã, dia 3. Terá validade por duas semanas e pode ser prorrogada, dependendo do cenário.

Os voos com origem da África do Sul também serão restringidos e será liberada apenas a entrada de pessoas com nacionalidade espanhola ou permissão de residência no país europeu. O mesmo vale para voos do Brasil.

Porém, a Espanha continua a permitir a entrada de passageiros que estiverem com escala no país, mas, com estrições. O viajante não pode deixar o aeroporto e só poderá ficar ‘em trânsito’ por no máximo 24 horas.

Semana passada, a França anunciou que irá proibir a entrada de viajantes de fora da União Europeia. A medida afeta quem está no Brasil, devido aumento no número de casos de Covid-19. No mesmo período, a Alemanha também proibiu a entrada de viajantes com origem no Brasil.

Outros países já haviam suspendido voos com origem e destino no Brasil e estabelecido a proibição da entrada ou quarentenas para viajantes que tenham estado no país recentemente, por causa da variante brasileira do coronavírus, primeiramente identificada em Manaus.

Os voos do Brasil estão suspensos na Itália (desde 16 de janeiro), Turquia (desde 22 de janeiro), Israel (desde 26 de janeiro, sendo todos os voos internacionais), Portugal (desde 27 de janeiro), Colômbia (desde 27 de janeiro), França (desde 29 de janeiro, também viajantes de fora da UE) e Alemanha (desde 29 de janeiro).